23/07/2012

Capítulo 20 – Um Dia Atribulado









Todas as manhãs bem cedo Gaga acordava Dulce e
Osmar com o seu ladrar. Gaga era uma mimalha e não dispensava um bom banho logo
pela manhã.





Dulce – Outra vez, Gaga? És uma marota, nunca deixas dormir
ninguém até um pouco mais tarde.


Osmar – Vamos então baixinha, já vou preparar o teu banho,
sua madrugadora!

















Eu e Joseph acordámos com o ladrar estridente daa
Gaga.

















Acabámos por nos levantar. Joseph arrumou o quarto
enquanto eu fui tomar banho.

















Osmar foi dar banho a Gaga enquanto Dulce arrumava
o quarto.

















Ao sair da casa de banho apercebo-me que Joseph
está ao telefone.

















Deixei-o terminar a chamada e perguntei:





BeAz – Está tudo bem, amor?


Joseph – Sim querida, era o meu agente me avisando para não
esquecer o dia em que tenho de estar em Starlight Shores.


BeAz – Nós vamos para Starlight Shores? A cidade dos
famosos?


Joseph – Sim mas antes temos de passar em mais duas terras
por isso não podemos ficar aqui mais tempo, temos de partir, ainda hoje ou o
mais tardar amanhã de manhã bem cedo.


BeAz – Está bem amor, temos de avisá-los.

















Desci para preparar o pequeno-almoço, enquanto
Dulce pôs a roupa na máquina e depois foi tomar um banho. Osmar depois de tomar
um banho desceu para encher o prato dos cães e Rufus não perdeu o seu tempo.

















Depois Osmar foi brincar com a Gaga.

















Rufus ao sentir Joseph descer as escadas foi
esperá-lo e desafiou-o para a brincadeira.

















Chamei para o pequeno-almoço, Joseph aproveitou
estarmos todos juntos para avisar que teríamos de ir embora, pois o trabalho
esperava-o e ele ainda queria dar umas voltas primeiro.





Osmar – Mas já Joseph?


Dulce – Mas vocês só estão aqui há pouco mais que três
dias.


Joseph – Pois é minha linda mas o dever me chama e ainda
quero mostrar mais umas cidades para Beaz.


BeAz – Parece que estou com sorte, nunca viajei tanto em
tão pouco tempo.


Osmar – Eu e Dulce vamos sair de tarde, preciso falar com
ela, vocês precisam de alguma coisa?





Joseph adiantou-se:





Joseph – Não, não, eu e BeAz também vamos sair, vou levá-la
a conhecer a zona de pesca antes de nos irmos embora amanhã logo cedo.
















Achei aquele lugar lindo! Enquanto nos divertíamos
a pescar Rufus tentava entrar na água ansioso por apanhar algum peixe mais
distraído.
















Dulce sugeriu visitar o jardim Raios Gama, dali
podiam ver a casa do Presidente da Camara, que por sinal não era nada pequena,
e a nascente do rio principal de lagos Lunares.
















Dulce estava ansiosa para saber o que Osmar tenha
para falar com ela e então, mesmo antes de apreciarem a paisagem, ela puxou a
conversa:





Dulce – Osmar, o que tem de tão importante para me dizer
que não podia ser dito lá em casa?


Osmar – Bem, é um assunto delicado por isso queria que
estivéssemos tranquilos para podermos conversar à vontade. Primeiro preciso de
saber se você me ama a ponto de querer passar o resto da sua vida a meu lado.


Dulce suspirou – Ah meu Deus!


Osmar – Estás bem, querida? Queres voltar?


Dulce – Não amor!


Osmar – Não estás bem?


Dulce riu – Sim, não é isso. Não quero voltar mas estou bem
sim.


Osmar – Então porquê o ai meu Deus? Não me ama o
suficiente? Não quer tocar no assunto?
















Enquanto isso eu continuava empenhada em apanhar
algum peixe. Tinha de conseguir. Joseph e Rufus brincavam à apanhada, Rufus
estava feliz, ele adorava sair para passear.
















Depois de algum tempo passado a brincar com Gaga,
pois ela tinha interrompido a conversa para obter atenção, Dulce responde:





Dulce – Ai meu Deus porque eu queria tocar no assunto só
que não tive coragem, tive receio das tuas respostas. Claro que te amo o
suficiente e quero ficar contigo o resto da minha vida. E agora que tocaste no
assunto vamos fala sobre ele, não aguento mais viver nesta angustia de não
saber o que vai acontecer nas nossas vidas.


Osmar – É fácil! Tenho uma proposta para ti, é só
aceitares. Se quiseres, claro!


Dulce falou a medo – Então e qual é essa proposta?


Osmar – Tu és uma grande escritora nesta cidade, a
população já está habituada e não tem mais ninguém que elabore o jornal da
cidade, o Presidente da Câmara não deve dispensar-te para outra cidade e tu
também não deves querer, pelo certo, mudar para outro local, e muito menos para
Appaloosa, pois nunca mais lá puseste os pés. Eu por outro lado tenho a minha
vida lá, a criação de cavalos e a minha fazenda. Eu poderia viver aqui contigo,
arranjar alguma coisa que eu saiba fazer para fazer, o meu capataz ficaria em
Appaloosa cuidando da minha criação e os fins-de-semana e nas férias,
passaríamos em Appaloosa na minha casa. O que dizes?
















Dulce – Mas que estupidez a minha, eu aqui com tanto receio
e tu tiveste uma ideia ótima, claro que aceito essa proposta, fica bem para os
dois e assim eu também tenho oportunidade de desopilar daqui de vez em quando.





Dulce abraçou com força Osmar e o beijou
carinhosamente. Mas Gaga já dormia de cansaço aos pés deles.
















Eu estava intrigada:





BeAz – Amor! Ainda não me disseste porque vestiste um fato
para virmos para aqui pescar. Normalmente não se pesca de fato.


Joseph – Aí é que te enganas, claro que se pesca de fato e
aqui estou eu para pescar.
















Nisto Joseph puxa de um ramo de rosas vermelhas de
trás das costas e diz:





Joseph – Só que não preciso de cana, pesco mesmo com um
lindo ramo de rosas vermelhas, já alguma vez disse que te amo muito?
















Respondi:





BeAz – Claro que sim, meu amor, eu também te amo muito.





Semicerramos os olhos e nos beijámos.
















Osmar pegou na mão de Dulce e perguntou-lhe:





Osmar – Dulce, meu amor, aceita namorar comigo e amar-me
para sempre, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença?





Dulce sorriu e respondeu:





Dulce – Aceito, amor, até que a morte nos separe.





Beijaram-se prolongadamente.
















Quando chegaram a casa nós já estávamos a jantar.





Osmar – Boa noite! Então como correu o passeio?


Joseph – Boa noite! Foi ótimo, como sempre, mas estávamos
esfomeados.


Dulce – Boa noite! Nós também estamos esfomeados, o que há
aí para se comer?


BeAz – Boa noite! Estou a ver que a boa disposição paira
no ar, é assim mesmo, estou feliz por vocês os dois, parabéns!
















Durante o jantar Osmar contou-nos como iria ser a
vida deles daqui para a frente. Cá para mim eu sabia que eles acabariam por se
entender, pois já é de há muito o desejo de se reencontrarem e viverem juntos.
















Já estávamos no quarto quando ouvimos Gaga a ladrar
desesperadamente, logo depois suou o alarme da casa, Osmar e Joseph desceram a
correr e eu liguei para a polícia. Rufus, Gaga, Osmar e Joseph conseguiram
encurralar o ladrão até a polícia chegar.
















Eu e Dulce descemos. A polícia encaminhou-se para
Dulce fazendo uma série de perguntas. Isso me enforteceu, em vez de pegar logo
o ladrão ainda estava com mil perguntas. Olhei o ladrão, afinal era uma ladra e
estava a desafiar-me.
















Antes que ela escapasse fui-me a ela, para espanto
dos cachorros, de Joseph e de Osmar. Também não sei o que me deu mas estava com
raiva daquilo tudo, afinal de contas ela ia-nos assaltar e quem sabe até nos
fazer mal.
















Depois de lhe ter dado bem gritei:





BeAz – Vamos ver agora se tens coragem de fugir, sua
desgraçada!
















Logo de seguida a polícia prendeu a ladra e levou-a
para a prisão.
















Depois da polícia ir embora eu e Dulce abraçámos os
nossos namorados e desatámos num choro incontrolável, eu por nervosismo do que
tinha feito e Dulce por pensar o que seria se estivesse sozinha naquele
momento.
















Já era de madrugada quando nos fomos deitar, já não
íamos descansar o suficiente por isso decidimos partir só de tarde, pois era
arriscado conduzir sem o devido descanso. Mas mal nos deitámos logo o telefone
de Joseph tocou, era o agente de Joseph, queria saber se ele já estava na
estrada. Joseph explicou o que se tinha passado e disse que depois ligava mal
estivesse a caminho de lá.







18 comentários:

  1. Que feliz que estou em saber que eu e o Osmar deu certo, e como a Gaga é minha companheira. Estou meio triste em saber que a Dulce dá adeus a este diário, mas BeAz está cada vez mas perto de viver mas uma grande aventura. Amei. Fotos magnificas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deu certo sim, eles se amam e está na altura de fiarem a sós. Gaga é muito fofa! BeAz está feliz por voltar à estrada!
      Obrigada por acompanhar!
      Beijinho!

      Eliminar
  2. Oii be querida *-*
    Amei a atuh, acho que a sims be viaja muito e.e, mas é muito bom viajar, ainda mais para esses montes de lugares.
    Que bom que a Dulce acertou-se com Osmar, com uma boa conversa e acordo tudo dá certo.
    Amei você quebrando a ladra literalmente.
    Ah be amo ler seu diário, amo ver esse portugues daí, adoro o vocaculário.
    A famosa vara de pescar aqui se chama cana aí
    Beijos be, to amando *-*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querido!
      É verdade, estou a adorar essa tournée a vários pontos do país do The Sims
      Dulce e Osmar se acertaram mesmo, está na hora de os deixar viver a vida deles, quem sabe um dia eu volte a encontrá-los com a casa cheia de crianças e Gagazinhas. :)
      Em relação à ladra eu não sei o que me deu, acho que foi a raiva e os nervos que estava a sentir por aquela situação toda, quase me pareceu que a polícia ia deixa-la escapar.
      Sim, para nós é uma cana de pesca, pois como você diz, elas quando foram inventadas eram mesmo feitas de cana.
      Obrigada por acompanhar, Gu!
      Beijinhos!

      Eliminar
  3. Adorei o ser diário BeAz!!! Vou acompanhar sempre!!!
    Ah, e esse capítulo foi muito lindo, principalmente a cena em que Osmar e Dulce conciliam seus desejos! :)
    Beijos.

    http://diariosthesims.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, fico muito feliz por aparecer por aqui!
      Eles são um casal muito fofo.

      Beijinhos!

      Eliminar
  4. Mamãe, tenho de dizer(mais uma vez) que você e o Joseph são MUITO lindos juntos *-*
    E a Dulce e o Osmar também!
    E você mostrou mais uma vez ser corajosa! Juro que ri MUITO na hora que vi você dando uma surra na ladra kkkkk'
    Por isso amo seu diário, sua espontaneidade! SUHAUSHAU'
    Hoje vou atualizar o blog. Agora serão duas vezes na semana.
    Um forte beijo e desculpa a demora. Minha rinite esses dias atacou =/
    ;*
    Amo você!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada filhote! Você vai crescer e será sempre o meu filhote!
      Já viu a coragem de mamãe? Nem eu sabia que a tinha!

      Tentarei acompanhar sempre o seu diário pois nesta altura temos mais trabalho por causa dos turistas.
      As melhoras filhote, rinite, sei bem o que isso é.
      Um beijão grande!

      Eliminar
  5. BeAz que vida boa é essa? Vai viajar de novo??? hahaha
    Amei as fotos, ficaram lindas.


    beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo Meg, parece que me saiu a sorte grande!
      Obrigada! Comente sempre, pois você faz falta aqui, quando recomeça o seu?

      Beijão!

      Eliminar
  6. BeAz não sei se o meu comentario foi enviado....

    Eu tô achando que sua vida tá boa demais...vive viajando....É a vida que eu pedi a Deus!!
    Amei as fotos!

    beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi sim!
      É a vida que pediu a Deus? Ah! Então é melhor pedir antes ao Euromilhões!

      Beijinhos, querida!

      Eliminar
  7. Fantástico, apenas pensei que Osmar a pedisse em casamento mas muito bom.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria, obrigada por comentar!
      Beijinho!

      Eliminar
  8. Olá BeAz! \o/
    Adorei essa actualização! *O*

    ResponderEliminar